Espalhe por Whatsapp

Jason Terry e a tatuagem que profetizou um título da NBA

Thiago Agovino
Thiago Agovino

O armador Jason Terry, campeão da NBA pelo Dallas Mavericks em 2011, tem uma tatuagem retratando este momento histórico em seu bíceps direito, é um desenho do troféu Larry O’Brien, porém, o mais curioso é que a tatuagem não foi feita após a conquista do título.

Na verdade, a tatuagem foi feita em 19 de outubro de 2010, quase um ano antes! Naquele dia, seu companheiro de equipe, DeShawn Stevenson, apresentou à Terry seu tatuador particular, num destes rituais onde companheiros de equipe tentam criar a famosa química e entrosamento entre si, compartilhando experiências ou atitudes.

Foi aí que Terry decidiu tatuar o troféu da NBA como uma forma de motivação para poder um dia conquistá-lo. Quando Stevenson viu qual a tatuagem que Terry tinha escolhido fazer, ele pensou que seu companheiro de time tinha ficado maluco.

Foi uma noite depois da vitória do Dallas sobre o OKC, que deu o título da Conferência Oeste de 2011 e a passagem para as Finais da NBA ao Mavericks, que a história da tatuagem se tornou de conhecimento do público. A este ponto, faltariam apenas 4 vitórias para que o Dallas pudesse conquistar realmente o título da NBA, deixando de ter o troféu somente no braço de seu armador, e Stevenson foi questionado sobre isso na época.

“Quando ele fez a tatuagem, eu falei que era loucura. Mas, eu não disse isso para ele. Eu nunca estive nas Finais da NBA e ele tem essa tatuagem. Uau. E foi feita em outubro (do ano anterior), significa muito até pelo que temos vivido” - DeShawn Stevenson. 

Terry fez a tatuagem não só como símbolo de motivação, mas também pelo fato de que ele acreditava que o time tinha como destino ser campeão da NBA, foi isso que ele declarou também naquele ano, pouco antes das Finais começarem.

“Todos riram e pensaram que fosse uma brincadeira no momento. Quando viram que eu fiz mesmo, ficaram tipo, “Esse cara está falando sério?”. E tudo que conversávamos era sobre este momento, chegar neste instante e vencer de uma vez por todas. Ela simboliza o fato de termos uma chance real para a conquista. Se eu não pensasse que tivéssemos chances, definitivamente eu não a teria feito. Para mim, é algo com que eu durmo e acordo pensando”. - Jason Terry

Ele também disse na época que, caso o Mavericks não conseguisse passar pelo Heat, ele removeria a tatuagem. “Significaria que trouxe má sorte. Sou muito supersticioso”.

A possibilidade de ter que remover a tatuagem na época era altíssima, afinal, o Dallas enfrentaria o super time do Miami de LeBron James. “Todos sabem que estão escolhendo o Miami para vencer. Nós sabemos disso”, disse Terry à ESPN, antes do início das Finais. “Nada disso realmente importa para nós. Sabemos do nosso foco. Entendemos qual o trabalho a ser feito e sabemos como conseguir executá-lo”.

Como vocês já sabem, ele estava certo sobre sua confiança. O Dallas venceu o Miami de James e Wade, que era amplo favorito, por 4 a 2 nas Finais. Foi o cenário perfeito para Terry e para o astro do time, Dirk Nowitzki, afinal, os dois eram os únicos que estavam no time do Mavericks que tinha perdido o título para o próprio Heat em 2006.

Fazer a tatuagem foi realmente um ato de coragem e audácia de Jason Terry e que deixou uma lição muito legal sobre traçar metas e objetivos e trabalhar duro para conquistá-los.


Dá um play e confira o que rola no nosso som!