Espalhe por Whatsapp

O DJ que conheceu Kobe Bryant

Renato Campos
Renato Campos

Nascido no interior de São Paulo, o DJ Loroh Jr. de 22 anos deixou a cidade de Assis em 2010 rumo a São Paulo onde jogou basquete pelo Palmeiras e Paulistano. Influenciado pelo estilo de vida do esporte, seu envolvimento com o hip-hop era questão de tempo. A paixão pelo basquete começou em 2006, quando na praia, seu pai lia o jornal que anunciava que um tal de Kobe Bryant havia feito 81 pontos em uma partida. Aquele histórico jogo contra o Raptors foi a chama inicial para que Loroh acompanhasse o seu novo ídolo e o Los Angeles Lakers.

Depois de ter ido a Nova Iorque com ingresso comprado para assitir Lakers e Knicks, Loroh teve talvez uma das maiores frustrações da sua vida. Por causa de um ombro machucado, Kobe não teve condições de jogo. Mas como o mundo dá voltas, Loroh teve a chance que milhões de garotos por todo mundo gostariam de ter: jogar na mesma quadra que Kobe Bryant. Este sonho aconteceu em 2013, em uma ação da Nike, onde o Black Mamba bateu uma bola com a galera no Aterro do Flamengo no Rio de Janeiro, em parceria com o seu amigo Ronaldinho Gaúcho. De cara a cara com seu ídolo, Loroh resume sua experiência da seguinte forma:

Kobe significou trombar com a grandeza. Lenda inspiradora em todos aspectos. Não vi Jordan, mas vi Kobe Bryant e estou bem com isso.

Agora, para fechar nossa história, o próprio Dj Loroh preparou um mix especial para o Hoop78 que você pode ouvir abaixo.

Aumenta o som...

Image title

Image title

Image title

Curta a Hoop78 no Facebook