Espalhe por Whatsapp

O duelo contra Allen Iverson que marcou a vida de Kobe Bryant

Renato Campos
Renato Campos
10 de Março

Preparado para assistir alguns lances de um jogo que ficou para a história de dois grandes jogadores?

O ano é 1999, Lakers e Sixers iriam se enfrentar na Filadélfia e pela primeira vez naquela temporada, todos os ingressos do Wachovia Center haviam sido vendidos. O motivo era único, o jovem Kobe Bryant nascido na cidade iria enfrentar o grande ídolo do Allen Iverson.

Para aquecer o duelo, Kobe marcou Iverson por boa parte do jogo e o que se viu foi uma briga de dois jovens totalmente tomados pela competitividade. Iverson arremessou 36 bolas e terminou a partida com 41 pontos, o que acabou sendo seu recorde naquele ano e ainda distribuiu 10 assistências. Aquele foi o jogo de número oito que o armador havia chegado a marca dos 40 pontos e surpreendentemente, a primeira vez que o seu time saiu com a vitória.

Kobe fechou a noite com 23 pontos na derrota por 15 do seu Lakers que estava prestes a ser campeão e ainda naquela época, nunca havia marcado 40 pontos em uma partida.

A pouco mais de um ano, Kobe foi perguntado sobre sua lembrança favorita sobre Iverson e ele acabou comentando sobre esta partida:

Iverson era muito competitivo. Ele me fez ser mais obsessivo com o jogo. Precisei arrumar uma forma de aprender a marcá-lo. Anos depois lhe contei que ele não tinha ideia do quanto ele me motivou e o quanto ele era um problema para seus defensores. Quando joguei contra ele na Filadélfia em 99, foi um dia que muita coisa mudou em minha cabeça. Me lembro de estar no ônibus depois da partida pensando que precisava me tornar um dos melhores defensores da liga. Não poderia permitir que meu adversário fizesse tantos pontos. Esse foi o resultado direto que Iverson fez comigo naquele dia. Acho que as pessoas não tinham ideia do quanto ele me influenciou, e como foi difícil marcá-lo naquele dia.

Kobe Bryant: 23 pts, 2 reb, 2 ast, 1 rou, 1 toc em 40 min. (9/16 FG)

Allen Iverson: 41 pts, 5 reb, 10 ast, 2 rou em 44 min. (17/36 FG)

Bora conferir os lances dessa partida histórica.

Fique por dentro

O que a troca por Dejounte Murray representa para Hawks e Spurs

NBA: Stephen Curry é um dos cinco melhores jogadores de todos os tempos?

Bradley Beal decidiu seu futuro para a próxima temporada da NBA

Acompanhe o Hoop78

No Instagram

No Spotify

Curta o som Hoop78!