Espalhe por Whatsapp

Conheça a nova Arena Eppinghaus, em Curitiba

Ricardo Romanelli
Ricardo Romanelli

A praça Brigadeiro do Ar Mário Calmon Eppinghaus, em Curitiba, é um dos melhores points pra quem quer jogar um bom basquete em Curitiba. Tradicional reduto dos basqueteiros, que chamam a praça apenas de “Eppinghaus”, a quadra de asfalto ali presente há décadas já viu diversas gerações de jogadores que aprenderam a jogar basquete ali.

Movimentado, o local recebe jogos em todos os dias da semana. A concentração maior é à noite, nos dias úteis, e praticamente o dia todo nos finais de semana.

Com tanto uso, é normal que o espaço vá se deteriorando ao longo do tempo. Foi aí que surgiu uma grande ideia: depois de uma reforma mal sucedida por parte da prefeitura, alguns amigos, assíduos frequentadores, decidiram revitalizar a quadra por conta própria. Nascia assim a Arena Eppinghaus.

ANTES

Image title

Antes da reforma, a quadra era como tantas outras pelo Brasil: uma quadra poliesportiva de asfalto. Com o tempo, a praça se tornou referência na prática de basquete, e com isso as traves de futebol foram retiradas. Vários amigos, ao longo dos anos, contribuíam para manutenção básica do espaço, como pintura das tabelas e troca dos aros. 

Na sequência, a prefeitura da cidade tentou fazer uma reforma que deixasse a quadra mais apta para o basquete, mas com poucos recursos disponíveis, o resultado não foi o esperado pelos frequentadores da praça.

Image title

A REFORMA

Foi aí que surgiu a ideia da reforma. Felipe "Fifo" Melo e é um dos frequentadores mais assíduos da praça, e foi ele que bolou um projeto para continuar a transformação da quadra a partir do trabalho da prefeitura. Fifo e seus amigos já promoviam vaquinhas para manutenção da praça desde os anos 90, então a semente para algo maior já  estava plantanda.

Ele então enviou o plano para diversos grupos de whatsapp de basquete amador de Curitiba, que toparam a ideia. Aprovado o plano, chegava a hora da execução.

Image title

Para a condução dos trabalhos, Fifo contou com a ajuda de diversos amigos que também jogam basquete na praça, como Rodrigo "Dojão" Branco, que participou desde o primeiro dia da reforma. Aos poucos, o resto da turma foi aparecendo e contribuindo, seja com trabalho, seja na vaquinha para bancar os custos. A galera composta por Adriano "Pelé", Marciel "Juiz" Muller, Pituka, Fernando "Fair Play", Charles "Alface", Márcio Santos (ex-jogador profissional), Júlio César, Felipe "Dellavedova" e Fernando "Pani" Almeida foi essencial no mutirão.  Primeiro, eles alinharam os aros, para depois pintar a quadra sem falhas, como tinha acontecido no trabalho da prefeitura.

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Depois, o toque final: pintaram a icônica logo Air Jordan no centro da quadra, e a inscrição "Arena Eppinghaus" atrás das tabelas, como nos ginásios da NBA. Para fazer a logo no centro da quadra, usaram uma projeção luminosa a partir de um celular para que o contorno ficasse perfeito.

Image title

RESULTADO FINAL

Depois de tanto trabalho, a quadra finalmente ficou pronta. Os amigos demoraram apenas dois dias para executar a maior parte da reforma, e tiveram que esperar o tempo firmar na chuvosa Curitiba para concluir as pinturas dos detalhes. O custo total ficou em pouco mais de R$ 1.000,00, que foi dividido entre diversos frequentadores habituais da praça. Um preço muito barato para um resultado tão incrível, que você confere abaixo:

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Dá um play e confira o que rola no nosso som!