Espalhe por Whatsapp

NBA: Estatística insana de Giannis Antetokounmpo mostra como ele dominou o jogo 3 entre Suns e Bucks

Renato Campos
Renato Campos
12 de Julho

Para tudo que Giannis Antetokounmpo incorporou o espírito das Finais da NBA e fez uma baita partida no Jogo 3, garantindo a vitória do seu Bucks contra o Suns e diminuindo a diferença na série pra 2-1.

Mas a partida de Giannis teve uma mudança de comportamento que foi fácil de perceber durante o jogo, mas se você não viu o jogo, basta olhar o gráfico de seus arremessos para ver como ele garantiu os seus 41 pontos na vitória por 120-100.

E6-El-TJOWEAA8-Qy-Y

Como o jornalista Marc J. Spears do The Undefeated observou, o jogador do Bucks não acertou nenhum arremesso de média distância, basicamente dominando o time do Suns perto do seu aro, com um aproveitamento de 14 de 23 no geral. Giannis se tornou o primeiro jogador em 25 temporadas a marcar pelo menos 30 pontos sem acertar um arremesso com no mínimo um metro e meio de distância da cesta nas Finais da NBA.

Fora isso, Giannis foi 17 vezes para a linha de lances-livre e acertou 13 deles. Ninguém pode negar a eficácia do grego em um quesito que tem sido um problema pra ele nessa temporada.

Fato é, que o Suns não teve respostas para a agressividade de Giannis perto do aro e sem dúvida o técnico Monty Williams vai buscar sanar essa questão para o Jogo 4 da série.

Após a partida, Chris Paul reconheceu seu fracasso em tentar parar Giannis. Com isso dito, o CP3 lançou um desafio aos Suns para tentar construir uma “parede” em torno de Antetokounmpo para detê-lo.

Vamos aguardar o Jogo 4 para ver se a tática de Chris Paul vai dar certo.

Durant leva toco absurdo de jovem jogador do Heat durante jogo dos EUA

A equipe dos EUA deu início aos preparativos finais para os próximos Jogos Olímpicos com um amistoso contra a Nigéria na noite de sábado. A estrela do Brooklyn Nets, Kevin Durant, tinha más intenções em uma tentativa audaciosa de enterrar pra cima da defesa Nigeriana, mas, infelizmente para ele, o jogador do Nets tomou um bloqueio épico do calouro do Miami Heat, Precious Achiuwa.

Veja o quão alto Precious teve que se subir para afastar atentativa de enterrada de Kevin Durant. Ele teria estado no lado errado de um pôster se não tivesse cronometrado seu salto com perfeição - e todos nós sabemos quantos outros já foram vítimas de KD no aro. Achiuwa encontrou Durant no alto e resultou em um bloqueio verdadeiramente memorável para o jovem do Heat.

Esta é a primeira partida de exibição da equipe dos EUA enquanto eles se ajustam para os próximos jogos olímpicos em Tóquio. A seleção nacional teve um certo susto no início da semana, com três jogadores do time selecionado para treino sendo removidos do campo de treinamento após teste positivo para COVID-19. Felizmente, nenhum dos membros da Equipe dos EUA foi afetado.

É dessa forma que Kevin Durant quer homenagear Kobe Bryant nas Olimpíadas

Kevin Durant viu sua temporada 2020-21 chegando ao fim mais cedo do que ele gostaria, mas ele tem uma segunda chance de um título este ano quando a equipe dos EUA vai para Tóquio disputar as Olimpíadas.

Durant é o principal nome de um grupo repleto de estrelas de jogadores americanos que disputarão o ouro nos Jogos Olímpicos. A estrela do Nets disse que ele e o resto da equipe dos EUA têm alguma motivação extra nas Olimpíadas deste ano por causa do falecimento da lenda da NBA, Kobe Bryant.

Durant planeja homenagear Kobe nas Olimpíadas

Durant, como o resto do mundo do basquete, foi devastado pela morte prematura de Kobe Bryant em 20 de janeiro de 2020.

“É difícil compreender tudo isso”, disse Durant alguns dias depois, por meio de Malika Andrews da ESPN. “Só de ter aqueles momentos com Kobe, sempre foi sobre seguir em frente e neste momento é tão difícil. É difícil continuar agora ... Eu sei que estamos todos apenas de luto. ”

Na sexta-feira, quase 18 meses após o acidente de helicóptero que matou Kobe aos 41, junto com sua filha de 13 anos, Gianna e outras sete pessoas, Durant disse que planeja homenagear o ícone do Lakers em Tóquio.

“Kobe Bryant é um cara que todos nós admiramos e vimos quando crianças. Mesmo quando ele estava vivo e jogando, seu DNA estava embutido em nós como jogadores ”, disse Durant, via SNY. “De longe, ele nos ensinou sobre o que é o jogo, sobre o que é a ética do trabalho.

“Agora que ele não está mais conosco, todos nós queremos honrar seus ensinamentos indo por aí e jogando com essa paixão, com essa energia a cada jogada. E caras que tinham relacionamentos próximos, vão entender como ele se aproximava a cada dia, principalmente com o Team USA. Ele realmente se orgulhava de fazer parte desse grupo e dessa equipe. Todos nós nos alimentamos desse tipo de energia e Kobe sempre trouxe isso. Então ele sempre será grande para cada um de nós aqui. Nós sentimos falta dele. Sentimos muita falta dele, porque ele estaria aqui apoiando. ”

Durant lidera o Team USA

Está claro que Durant conhece a maneira como lidera atualmente a equipe dos EUA. E é dessa forma que Durant quer homenagear o grande Kobe, com todos os ensinamentos que o Black Mamba lhe proporcionou. Chegou a hora de Durant passar para os demais.

“Sua liderança é excelente. Ele tem uma campanha de 39-0 no basquete dos EUA e isso é loucura ”, disse a estrela do Wizards, Bradley Beal, na quarta-feira, durante o segundo dia do treinamento da equipe dos EUA, por NetsDaily. “Nós definitivamente queremos continuar assim. Diz muito para ele estar há mais de 10 anos na liga e ainda querer voltar e fazer parte desta prestigiosa fraternidade. Nós definitivamente olhamos para ele para nos empurrar e nos liderar, mas ao mesmo tempo, ele é muito altruísta. Ele é muito encorajador. Ele quer que todos se saiam bem. ”

O técnico da equipe dos EUA, Gregg Popovich, compartilha desse sentimento.

“Ele quer fazer parte disso o tempo todo, como todos sabemos. E essa é a sua motivação principal. Isso é o que ele adora fazer. E, felizmente para todos nós, é quem ele é ”, disse Popovich, via NetsDaily. “Portanto, é uma prova de seu caráter e apenas o desejo de fazer parte de uma equipe e ter um desafio e buscar o sucesso.”

Top Histórias

A intensa relação de Kevin Durant com a maconha contada em livro

Giannis Antetokounmpo reage a contagem durante seus lances-livres

O Lakers deve estar feliz porque Kawhi Leonard escolheu o Clippers

Fique por dentro

NBA: Stephen Curry é um dos cinco melhores jogadores de todos os tempos?

Bradley Beal decidiu seu futuro para a próxima temporada da NBA

NBA: Kyrie Irving revela porque agiu de forma agressiva com torcida do Celtics

Acompanhe o Hoop78

No Instagram

No Spotify

Curta o som Hoop78!